domingo, 27 de junho de 2010

Parabéns Jovem Casal
















A alegria no casamento não depende apenas de sentimentos românticos nem de prosperidade econômica nem de sorte. Se você terá ou não alegria no seu casamento dependerá do reconhecimento e submissão a vontade de Deus. Ele criou o casamento e ele tem a chave para encontrar e manter a alegria nele.
Parabéns Rodrigo e Carina que efetuaram o enlace matrimonial no dia 26 de junho de 2010 por mim realizado, que Deus possa abençoar vocês de uma forma especial.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Arqueólogos acham pinturas mais antigas dos apóstolos de Jesus

Imagens foram encontradas em um ramal das catacumbas de Santa Tecla. Afrescos eram conhecidos, mas seus detalhes vieram à tona recentemente.
Arqueólogos e restauradores de arte usando nova tecnologia a laser descobriram o que acreditam ser as pinturas mais antigas dos rostos dos apóstolos de Jesus Cristo.
As imagens encontradas em um ramal das catacumbas de Santa Tecla, perto da Basílica de São Pedro, do lado de fora das muralhas da Roma antiga, foram pintadas no fim do século 4 ou início do século 5.
Arqueólogos acreditam que essas imagens podem estar entre as que mais influenciaram os retratos feitos por artistas posteriores dos mais importantes entre os primeiros seguidores de Cristo.
“São as primeiras imagens que conhecemos dos rostos desses apóstolos”, disse o professor Fabrizio Bisconti, diretor de arqueologia das catacumbas de Roma, que pertencem ao Vaticano e são administradas por ele.
Os afrescos eram conhecidos, mas seus detalhes vieram à tona durante um projeto de restauração iniciado dois anos atrás e cujos resultados foram anunciados nesta terça-feira (22) em coletiva de imprensa.
Os ícones de rosto inteiro incluem as faces de São Pedro, Santo André e São João, que fizeram parte dos 12 apóstolos originais de Jesus, e São Paulo, que se tornou apóstolo após a morte de Cristo.
As pinturas possuem as mesmas características de imagens posteriores, como a testa enrugada e alongada, a cabeça calva e a barbicha pontuda de São Paulo, o que indica que podem ter sido as imagens nas quais os retratos posteriores se basearam.
Os quatro círculos, com cerca de 50 centímetros de diâmetro, estão no teto do local do sepultamento subterrâneo de uma mulher nobre que se acredita que tenha se convertido ao cristianismo no fim do mesmo século em que o imperador Constantino legalizou a religião.
Bisconti explicou que as pinturas mais antigas dos apóstolos os mostram em grupo, com rostos menores cujos detalhes são difíceis de distinguir.
“Trata-se de uma descoberta muito importante na história das comunidades cristãs primitivas de Roma”, disse Bisconti.

Os afrescos dentro do túmulo, medindo cerca de 2 metros por 2 metros, estavam recobertos de uma pátina espessa de carbonato de cálcio pulverizado, provocada pela umidade extrema e a ausência de circulação de ar.
“Fizemos análises extensas e demoradas antes de decidir qual técnica empregar”, disse Barbara Mazzei, que chefiou o projeto. Ela explicou como usou um laser como “bisturi ótico” para fazer o carbonato de cálcio cair sem prejudicar a tinta.
“O laser criou uma espécie de miniexplosão de vapor quando interagiu com o carbonato de cálcio, levando este a se destacar da superfície.”
O resultado foi a clareza espantosa das imagens, antes opacas e sem nitidez.
As rugas na testa de São Paulo, por exemplo, estão nítidas, e a brancura da barba de São Pedro ressurgiu.
“Foi uma descoberta de forte impacto emocional”, disse Mazzei.
Outras cenas da Bíblia, como a de Jesus convocando Lázaro a levantar-se dos mortos ou Abraão preparando-se para sacrificar seu filho, Isaac, também ficaram muito mais claras e nítidas.
“No que diz respeito a pinturas no interior de catacumbas, estamos acostumados a ver pinturas muito pálidas, geralmente brancas, com poucas cores. No caso das catacumbas de Santa Tecla, a grande surpresa foram as cores extraordinárias. Quanto mais avançamos, mais surpresas encontramos”, disse Mazzei.
Situado num labirinto de catacumbas sob um prédio moderno, o túmulo ainda não está aberto ao público devido às obras que continuam, à dificuldade de acesso e ao espaço limitado. Bisconti disse que as novas descobertas serão abertas apenas à visitação de especialistas, por enquanto.

Fonte: G1

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Sonolento

"Venho sem demora. Conserva o que tens, para
que ninguém tome a tua coroa." Apocalipse 3.11

O Senhor ainda não voltou, Ele ainda espera. Mas olhamos constantemente para o
grande momento em que seremos transformados e receberemos um corpo
"semelhante ao Seu corpo de glória", e com velocidade inimaginável seremos arrebatados para junto dEle nas nuvens. Mas agora nos encontramos exatamente no período sobre o qual Mateus diz: "E, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono, e adormeceram." Eu gostaria de salientar que, neste último trecho do caminho, todos corremos o perigo de ficarmos sonolentos e adormecer.

Paulo escreve a Timóteo: "Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios." Aquele que não anda diante do Senhor em toda a verdade se torna sonolento e fica aberto para os ensinos mentirosos dos demônios. Mas permanecer em toda a verdade significa revestir-nos de toda a plenitude de Cristo: "...revesti-vos do Senhor Jesus Cristo." Somente Ele é a verdade. Aquele que se reveste dEle, permanece acordado e recebe poder de vitória: "Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro." Permaneça acordado espiritualmente! E se você já adormeceu, o Senhor lhe diz: "Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará."

Fonte: Gospel+

Deus no Controle de sua Familia

"Se o Senhor não edificar a casa, em
vão trabalham os que a edificam; Se
o Senhor não guardar a cidade, em
vão vigia a sentinela" (Salmo 127:1).

Assim como a alegria retornou
naquela festa de casamento nas bodas de caná, assim
Deus pode restaurar as maiores feridas, curar
relacionamentos, fazer brotar novamente o amor, fazer
brotar o respeito novamente,fazer brotar a admiração, fazer
brotar a atração física.
Aquela festa teria acabado naqueles momentos se Jesus não
estivesse presente: as pessoas teriam ido embora, o lugar
ficaria vazio, os noivos não teriam desfrutado da companhia
dos seus convidados e pessoas queridas, a música teria
silenciado, as lembranças seriam marcadas pela falta do
vinho.
Mas por que Jesus se importa tanto com a sua família, pois
ele mesmo foi quem criou esta instituição, você precisa
então: convidar Jesus para fazer parte da sua vida. (Convide
Jesus para participar da SUA VIDA);saber que você passará
por problemas. (VOCÊ enfrentará problemas);esteja pronto a
ouvir a voz de Jesus. (Ouça a Voz de Jesus);creia que Jesus
age no sobrenatural.
Alegre‐se, pois Deus trás a alegria de volta à sua vida e à sua
família, hoje mesmo Ele pode fazer isto, através de você, de
seu casamento e da sua família.
Coloque sua vida e a vida de sua família no Altar do Senhor
e permita que Jesus Cristo seja o centro das suas vidas.

Pastor e esposa grávida são atacados em casa, no Paquistão

No dia 3 de junho, 14 muçulmanos atacaram um pastor,
sua esposa grávida e seu irmão em Sahiwal, Paquistão.
Mumtaz Masih, pastor da Igreja Evangelho Pleno do Paquistão, e sua esposa
Noreen foram atacados por muçulmanos que os acusaram de evangelismo.
O Imam Maqsood Ahmed supostamente liderou o ataque, ferindo as pernas
do pastor e as mãos e barriga de sua esposa. O irmão caçula do pastor
foi pego em uma emboscada quando foi buscar ajuda médica para seu
irmão e cunhada.
Os cristãos têm se queixado dos constantes ataques para a polícia, mas
nenhuma ação foi tomada contra os agressores.
Jonathan Racho, diretor da agência International Christian Concern, afirma:
“Condenamos a violência contra o pastor Mumtaz e sua família. Os cristãos
paquistaneses têm sofrido ataques por expressar sua fé em Cristo. Em
nossa conversa com o pastor Mumtaz, e muitos outros cristãos perseguidos
no Paquistão, eles nos falam sobre a determinação de permanecerem
firmes em sua fé apesar da perseguição”.

Fonte: Gospel+

Jovem cristão é agredido e arrastado nas ruas de vilarejo

Mesmo com a paz retornando vagarosamente para o distrito de Kandhamal,
o Estado de Orissa, na Índia, continua a ser um cenário de violências
anticristãs. Recentemente, um jovem cristão foi agredido, torturado e
arrastado em seu vilarejo, onde os agressores o submeteram a uma cerimônia
de reconversão ao hinduísmo.
O incidente, que ocorreu no distrito de Nuapada, aconteceu quando seis
extremistas hindus atacaram um jovem cristão de 19 anos, Bhakta Bivar,
em sua própria casa. Eles invadiram e roubaram o local, e o deixaram gravemente
ferido, mas não continuaram em seu plano de matá‐lo e sua família
inteira, pois os pais de Bhakta, Neheru e Budhabari Bivar, não estavam
em casa.
Durante o crime, os agressores roubaram quatro Bíblias. Antes de arrastarem
o jovem para fora da casa, eles o torturaram. Em seu caminho para o
templo hindu, eles o agrediram. Já dentro do local, entre chutes, tapas e
insultos, eles o “reconverteram” ao hinduísmo.
A polícia local começou a agir apenas no dia seguinte. O superintendente
Bibek Rath prendeu cinco dos seis assaltantes, Siba Prasad Jha (22), Bijoy
Punji (20), Samita Patra (23) e Jasobanta Ada (20), registrou uma acusação,
e depois os deixou ir embora.
Sajan K. George, presidente nacional do Global Council of Indian Christians,
disse para a Asia News que esse tipo de violência não é aleatória.
“Há interesses escondidos por trás das ameaças e violência contra a comunidade
cristã em Orissa. Justamente quando a comunidade estava
aprendendo a viver uma vida normal após os ataques de 2008, enfrentamos
esse tipo de violência.”

Fonte: Missão Portas Abertas

Desenho animado faz chacota com Jesus Cristo

O segmento de desenhos animados para adultos tem crescido
bastante nos últimos anos. Vários canais à cabo, principalmente,
investem nesse filão, que se mostra cada vez mais promissor.
No Brasil, poucos fazem sucesso, mas nos Estados Unidos,
alguns como, “Family Guy” e “The Simpsons” tem aceitação
enorme e seus criadores e dubladores tem status de celebridade.
Em geral, esses desenhos vão mais para o lado da comédia
debochada e da paródia, algumas vezes chegando mesmo aos
extremos do mal gosto.

O desenho “South Park”, que no Brasil foi exibido pela MTV por
muito tempo, também é conhecido por transpor a barreira do
aceitável constantemente, mexendo com temas complicados como
os atentados terroristas, religião, homossexualidade e outros.
“South Park” já veiculou personagens caricaturando a pessoa de
Cristo várias vezes e em um episódio mexeu com as três maiores
religiões do mundo, Cristianismo, Judaísmo e Islamismo, o que rendeu
ameaças de morte a seus produtores por parte de grupos islâmicos
extremistas. O curioso é que por medo dos tais grupos extremistas,
a produção do desenho não apresentou o profeta Maomé
propriamente, mas colocou um ursinho de pelúcia (?) para representá‐
lo. Mas, não tiveram o menor cuidado ou respeito por Jesus.
E agora o canal à cabo Americano “Comedy Central” está prestes a
lançar uma série animada chamada “JC” que retrata Jesus Cristo
como um adolescente contemporâneo vivendo em Nova Iorque e
Deus como um pai ausente que fica jogando vídeo game o tempo
todo.

Mesmo antes da série ir para o ar, vários grupos cristãos já estão se
mobilizando para protestar contra sua exibição e chegaram mesmo
a falar com os patrocinadores para que não venham a financiar tal
heresia. E como seria de se esperar a reação dos cristãos gerou também
um contra‐movimento por parte dos liberais que chamaram os
grupos cristãos de extremistas e seu posicionamento, de censura.
Como o desenho ainda não foi exibido, não dá para falar muita coisa
sobre seu conteúdo, mas dá para imaginar, por conta de seus antecessores,
que sem dúvida trata‐se de uma tentativa de fazer
chacota, gozação com o Cristianismo. Boa parte da industria cinematográfica
e televisiva nos Estados Unidos é formada por liberais
que militam na esquerda política deste país e que são naturalmente
contra a maioria cristã e conservadora. Claramente há uma viés
político em “JC”, mas também um forte componente critico à religião,
já’que muitos dos produtores são agnósticos ou ateus.
Não há nada de errado em o cristão se divertir e assistir à uma boa
comédia, mas certamente existem alternativas melhores e mais
saudáveis do que esses desenhos adultos, e em especial essa herética
serie animada que, esperamos, nem chegue a ser exibida.

Folha Gospel

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Billy Graham quer fazer sua última pregação

O evangelista Billy Graham pode sair da aposentadoria para pregar um sermão, embora esteja com problemas de saúde. De acordo com seu porta‐voz, Graham disse que quer pregar novamente.

“Aos 91 anos de idade, ele percebe que sua morte está se aproximando”, disse A. Larry Ross. “Ele está tentando valorizar cada dia, pois ele sabe que um dia vai se juntar a sua mulher, Ruth, no céu. É encorajador saber que ele permanece saudável, alerta e comprometido com seu chamado ao longo da vida”, disse o porta‐voz.
Embora Graham tenha expressado seu desejo de pregar, Ross disse que a hora, local e formato ainda não foram determinados. Membros da família do pregador mencionaram que o evangelista pode ter seu sermão gravado e distribuído, ou pregar em 2011 para uma platéia ao vivo no Bank of America Stadium, em Charlotte, se a saúde permitir.
Há dois anos o evangelista não faz pregações pela televisão, nem aparece em público devido a questões relacionadas a sua saúde. No entanto ele ainda está envolvido na elaboração de projetos e com as orações Evangelísticas Billy Graham, uma associação pessoal. No mês passado ele se reuniu com o presidente Barack Obama em sua casa.
Após 55 anos pregando no mundo inteiro, Graham realizou a sua última cruzada evangelística em junho de 2005 em Flushing Meadows Park em Nova York. Ele fez
uma última aparição em 2006 no Festival da Esperança com seu filho, Franklin, em Nova Orleans, quando a Costa do Golfo estava se recuperando do furacão Katrina.
No total, ele pregou para mais de 210 milhões de pessoas em 185 países e atingiu milhões de pessoas por meio de pregações veiculadas na televisão e Internet. Além disso, o evangelista tem sido regularmente citado pela organização Gallup como um dos “dez homens mais admirados no mundo”.

Gospel+ e Christian Post

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Ensino religioso gera polêmica nas escolas brasileiras

O ensino religioso ministrado em escola pública pode se transformar num perigoso espaço de luta pelo poder e atentar contra minorias religiosas no país, alertou a professora Roseli Fischmann ao falar para estudantes da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp).

Ponto polêmico mesmo nos dias atuais, apesar da Constituição política da nação assinalar a separação entre Igreja e Estado, o assunto foi tema, na quarta-feira, 9, do Café Teológico, evento promovido pelo Centro Acadêmico João Wesley, com o apoio da Faculdade de Teologia (FaTeo) e da Rede Ecumênica da Juventude.

Roseli Fischmann adiantou que pesquisas acadêmicas detectaram vários exemplos de práticas religiosas adotadas no ambiente escolar que, aceitas pela maioria cristã, discriminam outros grupos religiosos. Para a professora, julgar que a maioria deva determinar os rumos de qualquer grupo social é uma distorção do princípio democrático.

A professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Umesp afirmou que a liberdade de consciência diz respeito ao íntimo dos indivíduos e mesmo o uso da violência ou a tortura não são capazes de cerceá-la.

O indivíduo pode até ser coagido a determinadas ações, mas é impossível controlar o que se passa em seu pensamento, afirmou a pesquisadora, segundo a repórter Suzel Tunes, da Assessoria de Comunicação da Umesp.

Já a liberdade de crença, também de caráter interior, “aloja-se no ninho da liberdade de consciência”. A liberdade de culto é a exteriorização da liberdade de crença e ocorre no espaço coletivo.

A separação entre Igreja e Estado foi determinada no Brasil pela proclamação da República, em 1889. “Mas esse ponto sempre foi polêmico”, disse a professora. O Estado, além de garantir a liberdade de culto, reconhece que valores religiosos podem ser relevantes para a população.

Esse reconhecimento explica, por exemplo, a isenção fiscal que privilegia templos religiosos, a existência de capelanias militares e o acordo do Brasil com a Santa Sé, assinado no ano passado.

Segundo a professora, esse acordo fere o Artigo 19 da Constituição, que proíbe ao Estado firmar qualquer tipo de acordo com religiões ou seus representantes.

Fonte: ALC / Gospel+

Valdomiro Santiago e Silas Malafaia disputam compra da rede de tv Shop Tour

Pelo menos duas entidades religiosas, do apóstolo Valdomiro Santiago a Igreja Mundial do Poder de Deus, e a Assembleia de Deus Vitória em Cristo, do pastor Silas Malafaia, estão no páreo pela compra da rede de televendas Shop Tour, de Luiz Galebe.

As negociações, que emperraram após Galebe pedir R$ 120 milhões por sua rede inteira, incluindo prédios comerciais, foram retomadas agora com valores menores e foco na venda da frequência dos canais.

O que mais interessa aos potenciais compradores não é a rede em si, com repetidoras pequenas, e sim a geradora do canal, em Cachoeira do Sul (RS), e a frequência do Shop Tour em São Paulo.

Waldemiro Santiago já é praticamente dono do canal 21, já Silas Malafaia vem investindo para transformar a Igreja Assembléia de Deus Vitória em Cristo na nova “super potência” evangélica brasileira e conseguir um canal próprio de televisão seria providencial para a divulgação de suas pregações e produtos.

Procurado, o Shop Tour não retornou.

Fonte: Estadão / Gospel+

segunda-feira, 14 de junho de 2010

O Marido Que Toda Mulher Quer

 

Em julho começam as gravações de Sansão e Dalila, nova minissérie da Record

A Record vai produzir duas novas minisséries bíblicas no segundo semestre.
Segundo Hiran Silveira, diretor de teledramaturgia da emissora, em julho começam as gravações de Sansão e Dalila. Em outubro, será a vez de ligar as câmeras para A História de Davi.

Sansão é um personagem do Velho Testamento que tem uma força extraordinária. Dalila, sua amada, descobre que o segredo dessa força está em seus cabelos e o trai. Já Davi era um pastor de ovelhas que enfrentou e derrotou o gigante Golias e se tornou rei de Israel.

Protagonistas de ambas as produções ainda não foram escalados. Sansão e Dalila terá roteiro de Gustavo Reiz e direção de João Camargo. A História de Davi já está sendo escrita por Vivian de Oliveira, autora de A História de Ester, exibida em março.

A Record ainda não definiu quando exibirá as duas minisséries.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Americana tenta ser a mulher mais pesada do mundo

OLD BRIDGE, Estados Unidos (Reuters) - Uma mulher de Nova Jersey está em campanha para se tornar a mulher viva mais pesada do mundo, e admite ser tão faminta por atenção quanto por calorias.

Donna Simpson, 42, pesa mais de 270 quilos e pretende chegar a mil libras (455 quilos). Mãe de dois filhos, de 3 e 14 anos, ela faz fotos para um site chamado supersizedbombshells.com, onde admiradores e curiosos pagam para vê-la consumindo alimentos gordurosos ou andando até o carro.

Ela já apareceu em várias TVs e gosta da cobertura da mídia. A editora do Livro Guinness dos Recordes disse que ela se candidatou ao título de mulher mais pesada a dar a luz, o que está sendo analisado. Há relatos de mulheres que morreram pesando 816 e 545 quilos.

Simpson disse ter recebido uma oferta para escrever um livro, e quer ter seu próprio reality show, em parte para dar mais confiança às mulheres "extragrandes". Ela veste tamanho XXXXXL, que compra principalmente pela internet, e se diz integrante da "comunidade da aceitação da gordura".

"Quando maior a sua bunda, quanto maior a sua barriga, mais sexy você é", disse ela num sofá na sua casa, cerca de 65 quilômetros ao sul de Nova York. Ela conheceu um homem que diz apreciar suas medidas, e os dois querem se casar neste ano no Havaí.

O noivo, Philippe Gouamba, 49 anos, pai da filha de 3 anos dela, é um grande entusiasta da campanha de engorda da futura esposa, que ele considera "muito sexy".

Simpson disse receber emails de mulheres que acham que jamais vão se apaixonar ou ter filhos por causa do peso. "Eu digo que isso não é verdade. Eu gostaria de ser uma voz para que as pessoas possam ver uma mulher de tamanho (grande) ter uma família normal."

Ela disse que recebe mensagens também de pessoas que dizem que ela está colocando em risco a si e os filhos.

Donna Simpson gasta até 750 dólares por semana em supermercado, sofre de diabete tipo 2 e tem dificuldades para fazer tarefas básicas, como cozinhar e tomar banho. Mas não liga para quem diz que ela pode sofrer problemas cardíacos, agravar sua diabete e provocar danos nas articulações.

"Sou muito saudável. Vou ao médico a cada três meses", disse ela, que abandonou as dietas depois que uma amiga morreu numa cirurgia de redução do estômago. "Eu sempre fui confortável comigo. Os outros é que não estavam confortáveis comigo".

Palavra:Em meio a isso vemos o relativismo humano em ação, onde a um distanciamento do senso lógico de pensamento fogindo da realidade de bem-estar social. Deus nos criou para termos uma vida saudável e uma autoestima elevada e nao disfarçarmos nosso conformismo pendendo pelo mais fácil.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Chines é condenado a 15 anos de prisão por professar sua fé

Mãe apela às autoridades internacionais pela liberdade do filho Imagine que seu filho foi condenado há 15 anos de prisão por um crime que não cometeu? Isso aconteceu com Alimujiang Yimiti . Em 2009, ele foi obrigado a passar por dois julgamentos secretos antes de ser acusado de vazar segredos de Estado a estrangeiros, e condenado à pena máxima de prisão pelo tribunal de Xinjiang, na China.

As autoridades o prenderam ilegalmente por mais de um ano sob a acusações de espalhar a religião na sua cidade de Kashgar. Posteriormente, as acusações foram mudadas, baseada em uma conversa privada do pastor cristão uigur, detidos junto de um amigo americano, Christian.

Nos últimos dois anos, a esposa Wushueran Gulinuer e a mãe intercederam aos policiais, funcionários do governo e agências estatais. Mas, os oficiais recusaram-se a vê-los, mesmo restrição sofreu os advogados em visitá-lo na prisão.

Em 20 de abril de 2010, a esposa e dois filhos de Alim o viram pela primeira vez em mais de dois anos. Mal reconhecendo o pai, o menino de quatro anos só pode olhar para ele por uma parede de vidro.

A esposa incentivou o filho a ser forte, e pai foi confortado por sua vez a sua família, sem saber quando iria vê-los novamente. Enfurecida pela injustiça, Wushueran Gulinuer exortar a comunidade internacional para exigir a liberação de Alimujiang.

Ao levantar nossas vozes em petição de Alimujiang Yimiti, que a comunidade internacional pode construir um futuro melhor, mais pacífico e para a China para o mundo. Esse é um apelo para Alimujiang Yimiti, um inocente cristão uigur presos por sua fé.

Fonte: Christian News Wire

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Festas Juninas, Descubra a Verdade

Texto: 2 Coríntios 6.14-18

"A tradição de celebrar o mês de junho é bem velha. Há mais de dois mil anos, os povos antigos da Europa já festejavam nesta época do ano o início das colheitas. Fogueiras, danças e muita comida sempre fizeram parte destes rituais pagãos.

No Brasil, a data é celebrada desde 1583. O costume foi trazido para cá pelos portugueses e espanhóis, ainda como uma forma de agradecer pelas colheitas, mas também como uma maneira de homenagear os santos do mês de junho. O Dia de Santo Antônio, 13 de junho, costuma marcar o início dos festejos. Também são homenageados São João, no dia 24/6, e São Pedro, no dia 29/6.

Aos poucos, outros elementos foram sendo introduzidos nas festas juninas. A quadrilha, por exemplo, chegou ao Brasil no século 19, trazida pela corte portuguesa. O costume de acender uma fogueira, por sua vez, vem de uma lenda: Santa Isabel, grávida de São João, era prima de Maria, mãe de Jesus. Ela estava morando nas montanhas e, para poder avisar Maria quando seu filho nascesse, combinou de acender uma fogueira. Desde então, a prática virou costume e é realizada no dia 23 de junho.

Os fogos e as biribinhas também têm sua razão de ser: eles são utilizados para espantar o mau-olhado. Os balões -que são muito legais de fazer, mas que não se deve soltar, para evitar queimadas e acidentes- surgiram com o intuito de enviar mensagens a São João.

Atualmente, cada região do país possui seus próprios costumes. No Nordeste, por exemplo, festa junina é sinônimo de forró. Já no Sul do país, no lugar de roupas caipiras as pessoas usam trajes típicos, com direito a bombacha e chimarrão"

“E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo de Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.” 2 Co 6.16

Estamos numa época do ano em que acontecem, como em todos os anos, as ditas festas juninas, que apesar do nome acontecem também no mês de julho. Festas estas consideradas como folclóricas, mas que tem as suas raízes na idolatria. Vejamos: o Apóstolo João e o Apóstolo Pedro foram homens que serviram fielmente ao Senhor, mas eram homens comuns como nós que nasceram, cresceram, trabalharam, envelheceram e morreram (João de morte natural e Pedro foi crucificado de cabeça para baixo), mas nenhum deles ressuscitou como Jesus. Se não ressuscitaram estão mortos aguardando a volta do Senhor que virá buscar a Sua Igreja. Veja 1 Tessalonicenses 3: 16-17 que diz: "Pois o mesmo Senhor descerá do Céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressurgirão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor”.

Ora, se festejarmos ou participarmos destes eventos, até mesmo simplesmente com a nossa presença, estamos sendo participantes de festa de ídolos, o que é contrário à Palavra de Deus que diz em Êxodo 20: 4-5 "Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás, pois Eu, sou o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam". Isto é maldição. Em Atos 15: 20 Lucas diz que devemos nos abster das contaminações dos ídolos. Em 1 Coríntios 8: 1-13, o Apóstolo Paulo fala que "quanto ao comer das coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo nada é no mundo, e que não há outro Deus, senão um só", no versículo 7 deste capítulo o Apóstolo diz que a nossa consciência poderá ficar contaminada.

Também baseado na Palavra de Deus, tenho a considerar que qualquer festividade ou homenagem de caráter religioso a alguém que não seja o Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é idolatria. E quando louvamos, buscamos, veneramos, idolatramos ou consultamos a alguém morto, estamos praticando a necromancia (culto aos mortos) o que é abominação ao Senhor, baseado no capítulo 18 de Deuteronômio.

No Salmo 119: 11 o salmista diz: "Escondi a Tua Palavra do meu coração, para não pecar contra Ti". E baseado nesta Palavra orientamos aos nossos discípulos que se abstenham de participar, organizar, freqüentar estas festas, pois será laço para sua vida espiritual.

Oriente também aos seus filhos e discípulos a não participarem de danças, quadrilhas e não comerem as comidas, não vender rifas. Ao participar estarão firmando uma aliança com os chamados padroeiros.

“Filhinhos guardai-vos dos ídolos. Amém.” 1 João 5.21

Capitão da Seleção Brasileira conta seu testemunho e fala de sua vida como evangélico e jogador

“A Bíblia é meu manual de instrução.” A frase convicta e edificante é de quem poderá erguer a tão esperada taça do hexacampeonato brasileiro na Copa do Mundo de 2010, realizada entre junho e julho, na África do Sul. O zagueiro e capitão da Seleção Brasileira, Lucimar Ferreira da Silva, o Lúcio, de 32 anos, é mais que um líder em campo. Natural de Planaltina (DF), ele também capitaneia a semeadura da Palavra de Deus entre os jogadores evangélicos que vestem a camisa amarelinha. E o grupo de boleiros seguidores da Bíblia não é pequeno. Inclui Kaká, Felipe Melo, Gilberto Silva, Luisão, Juan, Josué e até o auxiliar técnico Jorginho, presidente do ministério dos Atletas de Cristo.

Sempre após os jogos e treinamentos, eles se unem para momentos de pregação, oração e leitura bíblica. Se depender da fé, o hexa é nosso. A seguir, confira a entrevista exclusiva concedida pelo capitão Lúcio ao portal da SBB.

SBB: Há quanto tempo você é evangélico e como foi seu primeiro contato com a Bíblia?
Lúcio: Já faz 12 anos. Fui à igreja pela primeira vez com a minha mãe. Foi algo muito bom que aconteceu em minha vida e, graças a Deus, consegui me manter na igreja. Sou grato a Ele pela paciência e graça comigo e com minha família.

SBB: Costuma ler a Bíblia sempre na concentração antes dos jogos? E no ambiente da Seleção Brasileira?
L.: Em geral, sempre que posso procuro ler a Bíblia, pois isso é algo que me ajuda todos os dias. Na seleção, fazemos as reuniões em horários livres sem interferir no trabalho da equipe.

SBB: Qual sua tradução bíblica preferida?
L.: Aprecio muito a Almeida Revista e Atualizada.

SBB: Qual livro ou texto bíblico mais te inspira para jogar?
L.: Minha passagem preferida é Efésios 6.10, que fala sobre a armadura de Deus. Pois é isso o que peço sempre a Deus, sua proteção.

SBB: Você acha que a fé em Deus pode influenciar num bom desempenho e conquistas dentro de campo? Por quê?
L.: Creio sim que a fé é importante e, na minha vida, sempre fez a diferença. Mas com certeza o trabalho, a dedicação e o sacrifício no dia a dia são também, sem dúvida, fundamentais. Pois é dentro de campo que procuro fazer o meu melhor. O mais entrego a Deus.

SBB: Como é na Seleção Brasileira a convivência dos jogadores evangélicos com os não evangélicos?
L.: Vejo todos como amigos e sei que Deus ama a todos da mesma maneira. A convivência é muito boa, com respeito, amor e, até hoje, esta receita tem funcionado muito bem.

SBB: O que você acha da restrição da Fifa às mensagens religiosas dentro de campo?
L.: Temos, sobretudo, que respeitar. Mas creio que Deus vai nos dar uma forma de poder testemunhar seu amor ao mundo, lembrando que nosso próprio comportamento dentro de campo também pode ser usado por Deus para testemunhar.

SBB: O que a Bíblia representa na sua vida pessoal e profissional?
L.: A Bíblia tem sido meu manual de instrução. Ela me ensina a andar de acordo com a vontade de Deus. E Deus sabe o que é melhor para nós. Ele tem me mostrado a salvação e me ajudado a conquistar vitórias na minha vida e meu trabalho. E minha maior vitória é ter Deus no meu lar, com minha esposa e filhos. Essa é nossa maior vitória.

Fonte: SBB / Gospel+

O livro de Eli (Indicação de um Bom Filme)

Denzel Washington (O Gangster) estrela esse filme dirigido pelos irmãos Allen e Albert Hughes (Do Inferno). Num mundo pós-apocalíptico Eli (Denzel) é um homem solitário que tem de proteger um livro sagrado que pode conter a resposta para salvação da humanidade, mas como todo herói tem seu algoz nessa história não é diferente e para poder obter o livro, um tirano prefeito de uma pequena cidade (Gary Oldman) fará de tudo, mesmo que para isso tenha de matar Eli.

domingo, 6 de junho de 2010

Violência Doméstica

Violência doméstica é a violência, explícita ou velada, literalmente praticada dentro de casa ou no âmbito familiar, entre indivíduos unidos por parentesco civil (marido e mulher, sogra, padrasto) ou parentesco natural (pai, mãe, filhos, irmãos etc.). Inclui diversas práticas, como a violência e o abuso sexual contra as crianças, maus-tratos contra idosos, e violência contra a mulher e contra o homem geralmente nos processos de separação litigiosa além da violência sexual contra o parceiro.
Violência e as doenças transmissíveis são as principais causas de morte prematura na humanidade desde tempos imemoriais, com os avanços da medicina, disponibilidade de água potável e melhorias da urbanização a redução das doenças infecciosas e parasitárias, tem voltado o foco da saúde pública para a ocorrência da violência. Este é um fenômeno que requer a colaboração interdisciplinar e ação multiprofissional, sem invalidar o papel da epidemiologia para o dimensionamento e compreensão do problema alerta para os riscos de reducionismo e necessidade de uma ação pública.
Estatisticamente a violência contra a mulher é muito maior do que a contra o homem. Um estudo realizado em São Paulo encontrou-se quanto à relação autor-vítima, que 1.496 (81,1%) agressões ocorreram entre casais, 213 (11,6%) entre pais/responsáveis e filhos, e 135 (7,3%) entre outros familiares. Esse mesmo estudo referindo-se acerca dos motivos da agressão, os chamados “desentendimentos domésticos” que se referem às discussões ligadas à convivência entre vítima e agressor (educação dos filhos; limpeza e organização da casa; divergência quanto à distribuição das tarefas domésticas) prevaleceram em todos os grupos, fato compreensível se for considerado que o lar foi o local de maior ocorrência das agressões. Para muitos autores, são os fatos corriqueiros e banais os responsáveis pela conversão de agressividade em agressão. Complementa ainda que o sentimento de posse do homem em relação à mulher e filhos, bem como a impunidade, são fatores que generalizam a violência.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

A VIDA QUE VENCEU A MORTE

“Mas o anjo, dirigindo-se às mulheres, disse: Não temais;
porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado. Ele não está
aqui; ressuscitou, como tinha dito. Vinde ver onde ele jazia.”
Mateus 28: 5,6

É maravilhoso sabermos que o nosso Salvador está vivo. Algumas mulheres foram buscar o corpo de Cristo crucificado, isto é o Cristo morto. Seu corpo inerte receberia um tratamento especial com perfumes e unguentos, como era o costume da época. No
entanto, que surpresa, a informação do anjo foi clara e direta. “Ele não está aqui, ressuscitou,...” O que pensaram aquelas mulheres diante deste fato? Os corações estavam explodindo de dúvida e medo, alegria e perplexidade. As palavras de Jesus se repetiam em suas mentes e todas só queriam uma coisa: espalhar a notícia aos discípulos de Jesus. O acontecimento foi extraordinário e todos comentavam. A revolta nas autoridades religiosas foi geral, o conselho se reuniu às pressas e pagaram um bom dinheiro aos soldados para mentirem a respeito do que acabara de acontecer. O Reino de Deus estava em festa. A ressurreição de Jesus significava que Deus aceitou o sacrifício do Filho. Os anjos disseram amém!

A ressurreição é um marco histórico grandioso para a humanidade, representa a total confirmação da nossa eternidade com Deus. A morte foi vencida e não podemos mais duvidar das palavras de Jesus. Não vamos peregrinar até o túmulo de Jesus, ele está vazio. Passaremos pela mesma experiência, a da ressurreição e estaremos para sempre com Ele. A crucificação tratou da nossa pecaminosidade e a ressurreição confirma a nossa eternidade com Deus. A ressurreição é tão importante que sem ela não dispomos de esperança, a nossa fé é vã. Sem ela não haveria Igreja, nem cristianismo. Nossas vidas seriam uma tremenda expectativa. Ao subir ao céu, Jesus nos enviou o Espírito Santo. Espírito da alegria, o Consolador, com um ministério específico e belo. A igreja de Cristo não ficou desamparada nem perdida. A igreja foi fortalecida, o Espírito Santo glorifica a Jesus, nos ensina, ora por nós, nos consola e nos ama. Ao olharmos estas mulheres, aprendemos a participar da ressurreição pela fé. A ressurreição de Cristo nos faz sair da morte para a vida. Foi exatamente para ser Nosso Salvador e Senhor que Cristo morreu e ressurgiu dos mortos. Ele é o Rei deste reino. Ele é Senhor. Jesus é a vida que venceu a morte.

Fonte: Gospel+

FIFA punirá "comemoração religiosa"

Entidade tenta impedir que jogadores exibam mensagens religiosas durante o Mundial. Brasil é o alvo principal.
A Fifa pediu aos jogadores de futebol moderação na expressão defé durante a Copa da África do Sul, que começa em 10 dias. Um comunicado já foi enviado às federações de futebol dos países que disputarão a competição na tentativa de impedir que seus atletas festejem gols e vitórias com mensagens religiosas. E o Brasil é um dos que mais preocupam a Fifa quando se trata de manter religião e futebol separados.
O uso de mensagens escritas em camisetas por baixo do uniforme já é proibido. Mas, em várias ocasiões, atletas têm esperado o final da partida para rezar e exibir mensagens.
A primeira grande polêmica surgiu quando o Brasil ganhou da Alemanha em 2002 e conquistou o penta. Há um ano, o tema voltou a fazer parte de debates da Fifa na conquista da Copa das Confederações, na África do Sul.
As autoridades esportivas insistem que não querem transformar a Copa em evento político ou religioso. Mas vivem situação delicada, já que a aplicação de multas pode dar a polêmica impressão de cerceamento religioso.
A Fifa insiste que não há problema em incluir religiosos na comitiva, mas proíbe a promoção de qualquer religião.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Marina Silva, candidata a presidente, afirma: “O mesmo Deus que me ama, ama Dilma, ama Serra”

A pré-candidata do PV à Presidência, Marina Silva, participou ontem do culto da Assembleia de Deus em Mogi-Guaçu, no interior de São Paulo, e pediu que os crentes não “satanizem” os adversários nas eleições. “O mesmo Deus que me ama, ama Dilma, ama Serra e ama Plinio (de Arruda Sampaio, do PSOL)”, disse.

Marina, que é evangélica, chegou pouco antes das 9 horas e foi homenageada em ato com pastores que representavam cerca de 20 municípios. Ela ouviu a pregação e depois ocupou o púlpito por 40 minutos.

Quando afirmou que a fé lhe ajudou a restabelecer a saúde, as 300 pessoas no templo, incluindo o prefeito Paulo Eduardo de Barros (PV), repetiram “glória” e “aleluia”. Ela abriu a Bíblia e leu passagens dos profetas Jeremias e Isaías. “Marina está em uma luta difícil”, disse o pastor Gesse Ribeiro. “O Brasil e nós temos orgulho da senhora e ainda iremos ter muito mais.”

Questionada se temia ser apontada por usar o púlpito como palanque, Marina negou. “Não temo por questões de princípios, a minha fé é publica, todos me conhecem. Nós somos um estado laico e isso é muito positivo tanto para quem crê como para quem não crê, ou é evangélico, como para espírita, como para católico ou qualquer pessoa.”

Fonte: AE / Gospel+